STAGE MALTA

O nosso parceiro priviligiado será a Stage Malta, uma entidade intermediária, cujo o seu objetivo é transformar o conhecimento dos participantes numa experiência valiosa em benefício dos alunos, graduados e mentores. De facto, em dezembro de 2016 participamos em sessões de divulgação sobre as oportunidades que o Programa Erasmus+ oferece às instituições que organizam atividades apoiadas pelo Programa e, em janeiro de 2017 participamos numa sessão dinamizada pela Agência Nacional Espanhola, em Saragoça, subordinada ao tema: “Exchange of good practices to succeed in applications, project management and impact”. Esta conferência possibilitou-nos o contacto direto com parceiros de confiança nas diversas áreas de interesse. Neste seminário, ao contactar diretamente com entidades de ensino profissional da União Europeia, estabelecemos relações pessoais e de confiança que nos oferecem uma maior segurança na concretização deste projeto. A escolha do país, Malta, deve-se ao facto de a língua utilizada ser o inglês, o que irá permitir aos nossos alunos o desenvolvimento das suas competências linguísticas em contexto de trabalho, que serão muito importantes pois a zona oeste, onde o nosso colégio está inserido, para além de ser uma zona turística que recebe anualmente uma taxa elevada de turistas, também tem uma percentagem elevada de famílias residentes de vários pontos da Europa, o que leva a que quem tenha boas competências linguísticas na língua inglesa seja bastante valorizado no mercado de trabalho. Para além disso, a Stage Malta foi nosso parceiro num projeto de KA102 no ano letivo 2017-2018, que decorreu bastante bem e com excelentes resultados ao nível do acompanhamento dos nossos alunos.

Esta entidade terá especificamente as seguintes tarefas e responsabilidades:
• assegurar a recepção dos beneficiários no momento da entrada no país;
• proceder à escolha de locais de alojamento e supervisionar a sua adequação e qualidade;
• assegurar a sua colocação em estágios pertinentes e profícuos à conclusão da formação académica dos formandos;
• negociar um programa de trabalho específico para cada um dos formandos, dirigir e avaliar a experiência profissional nas organizações/empresas de acolhimento;
• monitorizar com regularidade e avaliar continuamente a vários níveis, ao longo de toda a experiência de trabalho e, se necessário, proceder a ajustamentos;
• implementar procedimentos de validação de forma a assegurar o reconhecimento das capacidades e competências adquiridas pelos formandos e certificar-se que os beneficiários são avaliados pelos seus responsáveis nos locais de estágio;
• proporcionar algumas visitas de teor cultural a locais de interesse, contribuindo para o enriquecimento cultural dos participantes;
• produzir relatórios regularmente e transmiti-los à entidade de envio.

Stage Malta.png
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now