SELEÇÃO

O Colégio Rainha D. Leonor pretende oferecer aos alunos de 2.º e 3.º ano do ensino profissional a possibilidade de desenvolver durante um a dois meses a sua atividade laboral, em empresas relacionadas com a área em que estudam. Esta oportunidade de internacionalização da sua formação em contexto de trabalho torna-se imprescindível na gestão das suas competências e será uma mais-valia não só na sua formação profissional mas também na sua identidade enquanto cidadãos europeus.

Relativamente às atividades de mobilidade propriamente ditas, é nosso objetivo promover a colocação de 16 formandos em empresas no estrangeiro, em contexto de formação laboral, das seguintes áreas: 4 formandos do Curso de Técnico de Ação Educativa, 5 formandos do curso de Técnico de Desporto, 4 formandos do Curso de Técnico de Comunicação: Marketing, Relações Públicas e Publicidade e 3 formandos do Curso de Técnico de Desenho Gráfico.

Os procedimentos do processo de seleção foram divulgados e apresentados a toda a comunidade escolar, assentes num processo justo, transparente, coerente e devidamente documentado. Os alunos foram selecionados através de um processo rigoroso e transparente, tendo como base os seguintes critérios:
• desempenho escolar (30%);
• motivação: entrevista individual (30%);
• responsabilidade e interesse na participação ativa nas sessões de esclarecimento, divulgação e preparação (20%);
• facilidade de relacionamento interpessoal (10%);
• proficiência na utilização da língua estrangeira inglesa preferencial (10%).

 

No que concerne aos docentes, apesar da sua experiência profissional, poucos elementos contactou ainda com diferentes realidades, diferentes práticas ou "curricula". Ao nível do staff, pretendemos enviar 2 professores para atividades de Job-shadowing, durante 1 semana, um da área das Línguas e outro da área do Desporto. A participação do pessoal educativo no projeto reveste-se de grande importância no desenvolvimento estratégico da instituição, pois as experiências adquiridas ao longo do projeto serão partilhadas e utilizadas em prol de toda a comunidade educativa. Assim, o processo de seleção será disponibilizado a todas as partes envolvidas, de forma transparente e a seleção será criteriosa e coerente. Será dada prioridade a docentes sem qualquer experiência em projetos de mobilidade/job shadowing. Ademais, atendendo às necessidades específicas da escola nomeadamente no caso do ensino profissional, e com o intuito de responder às necessidades da comunidade escolar, será tida em consideração a equidade por departamento a envolver (neste projeto, na área das Línguas e do Desporto) . Os docentes selecionados deverão mostrar no decorrer do processo de seleção uma forte disponibilidade para divulgar e partilhar as suas experiências no regresso à instituição.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now